Paradise… Um Livro De Ellen Sussman

17 de março
Destaque / Resenhas

12 de Outubro de 2002… o Mundo vivenciava, direta ou indiretamente, mais uma tragédia… 182 mortos e 132 feridos…

Bali

É exatamente com este cenário, o atentado terrorista a uma casa noturna (Sari Club) e a um bar-restaurante (Maddy’s Pub), lotado de estrangeiros, em Kuta-Bali, que os personagens Jamie Hyde e Gabe Winters viverão um relacionamento pós-trauma recheado de amor e renovação espiritual, para conseguirem seguir adiante.

Em Paradise, de Ellen Sussman encontraremos uma viagem ao paraíso. Uma viagem ao paraíso realizada por Jamie, uma guia de viagens de aventura, ao ser enviada para explorar as trilhas da famosa ilha de Bali, na Indonésia, ao lado do seu atraente namorado, Miguel. O que ela não sabia é que três dias após a sua chegada, ela e seu namorado se tornariam vítimas de um atentado terrorista inesperado na boate local, que mudaria completamente suas vidas. Miguel perde a vida e Jamie é salva por Gabe.

Um ano depois, ainda transtornada pelas lembranças, Jamie retorna à Bali para participar de uma cerimônia em homenagem as vítimas e aos sobreviventes do atentando. De volta ao passado, Jamie conhece Nyoman, seu simpático e atencioso anfitrião, que a hospeda no acolhedor e relaxante bangalô Paradise. Mas, em seus mais profundos pensamentos Jamie sabe que não voltou à Bali somente para a cerimônia. Ela quer tentar fechar esse ciclo em sua vida e, principalmente, reencontrar Gabe, o homem que a salvara do ataque e que habita seus sonhos e pensamentos.

Book 1

Confesso que, a primeira vista, o que me chamou à atenção foi o título Paradise. Afinal, quando lemos ou pensamos no paraíso sempre imaginamos um lugar tranquilo, afrodisíaco, onde a vida tornar-se um eterno bem-viver. Entretanto, logo após o título vinha os dizeres: Um atentado. Um amor. Um recomeço. O que prometia o título deste romance, talvez, poderia não ser o eterno bem-viver que imaginava.

Mas… Apaixonada por romances como sou, fiquei ainda mais curiosa para ler a história que somente o título, os dizeres e a maravilhosa capa me ofereciam. E, num impulso, comprei o livro sem se quer ler sua orelha ou a opinião que havia atrás do livro… Grata foi a minha surpresa, quando dias atrás, durante um período de descanso exatamente na praia, o comecei a ler, ou melhor, a devorar cada uma de suas páginas.

Um livro surpreende, recheado com a história e a cultura de um povo repleto de crenças. Um livro que nos apresenta um paraíso destruído que trabalhou muito para se recuperar de um evento inimaginável, através da doçura de suas paisagens e de seu povo. Um livro que nos revela muito mais que um romance, mas a história de uma pequena parte de um país que vive do turismo e as consequências quando este pode ser perdido. Enfim, um livro que traz a riqueza dos detalhes de um atentado tão violento, mas que com a sutileza de uma autora que celebra o amor, a tragédia, o trauma transforma-se em uma grande chance para amar.

By Danny Leal

Postado por @rtrevimento em 17 mar 2015
Categorias: Destaque, Resenhas

Deixe um comentário